Arquivos Mensais: Maio 2013

“Train de vie”, de Radu Mihaileanu

E ele corria doido para o seu povo, exasperado para os avisar. Avisá-los que eles – como todos os judeus – estavam condenados a ser exportados, e que não voltariam, como não voltaram aqueles que já tinham ido e desses nem … Continuar a ler

Publicado em Radu Mihaileanu | Etiquetas , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

“De battre mon coeur s’est arrêté”, de Jacques Audiard

Se um dia o crime não compensar, talvez os dedos te levem por outros caminhos. Endireita as costas, respira fundo e deixa-te ir. E a música clássica foi a clássica desculpa para tudo o resto, mesmo sem teres conquistado o … Continuar a ler

Publicado em Jacques Audiard | Etiquetas , , , , , , , | Publicar um comentário