“Poupoupidou”, de Gérald Hustache-Mathieu

Um final de livro, seguido de uma página em branco. E todo o filme é flocos de neve e cabelo louro. Uma estrela com um final trágico e um amor que surge da morte. Assim foi com Marylin, assim seria com Candice. Porque ela a reencarna, mais cheia de força e ainda com mais desventuras amorosas.

Mas quando o amor começa na morgue então é como um livro, uma história: é para sempre. Nem rum, nem queijo, nem comprimidos ou champagne: apenas cadernos. Uma infinidade de diários que contam o filme dentro deste filme. Milhares de palavras que desde os 13 anos escrevem os episódios de sedução, sucesso, amor e desamor. Un petit femme que passa da rapariga desconhecida da gasolineira para a diva de Mouthe – a cidade gelada, perdida no meio do nada, cuja única fonte de calor é ela, sempre bela,  bela de mais mas mal-amada.

E se ela dá pistas com palavras, ele surge para as juntar e escrever a história. Ai!, como seria se se tivessem conhecido mais cedo? «Talvez não estivesse nesta marquesa de aço inoxidável».

E Candice Lecoeur despe-se e despe-se e mostra-se e dá-se. Acabaram com ela, ela acaba para sempre mas ganhou no final: o homem prometido agarra-lhe a mão rendido, vai escrever-lhe a sua história e ressuscitá-la e, ainda assim, gelada e morta, ela continua «a ser a miúda mais atraente de todo o Franche-Comté».

Poupoupidou, «je vous ame», e a tua próxima história acabou.

P.S.: A banda sonora deste filme est incroyable!
Anúncios

Sobre Cinema Francês Visto em Português

Já muito se falou e continua e continuará a falar de cinema francês e, nesse sentido, pouco posso acrescentar teoricamente ao que já foi dito. Ainda assim, e porque sou teimosa, e porque gosto realmente muito de cinema francês, esta é a minha tentativa. Desculpo-me então vestindo-me de nietzschiana: "não há a coisa-em-si, há perspectivas", dizia ele. Não há cinema-em-si, há perspectivas. Esta é a minha, muito apaixonada e parcial e do meu "canto" como só assim poderia ser.
Esta entrada foi publicada em Gérald Hustache-Mathieu com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s